quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Bom Dia Alentejo, Menir do Outeiro, Reguengos de Monsaraz, a terra alentejana de sempre fértil


O Menir do Outeiro ou do Penedo Comprido, mes compadres e minhas comadres, e vamos a isto, a este Alentejo, Menir assentou arraiais e suas bagagens, eu vos direi a vossemecês compadres, a cinco quilómetros da mui bonita vila de Monsaraz.
O maroto, ele esteve assim deitado, assim num estado de muita sonolência, e pois que em Agosto de 1969 o puseram em pé ou ele, ou o maroto ele é que se pôs em pé. 
Que a história da sua vida se poderá assim dizer mes compadres, se poderá dizer, ele foi descoberto em 1969 por Henrique Leonor Pina e José Pires Gonçalves, o encontraram derrubado no solo. Ai pois que por sua iniciativa e amor a um passado a este Alentejo, menir que seria restaurado e reerguido ainda durante essa década
No vértice, monumento que é citado, o meato da uretra masculina que é representada. Assim oito toneladas de peso total mês compadres e minhas comadres. Assim oito toneladas…
  
A morfologia, a que é dada à fálica do dito, ela se manda para os cinco metros e sessenta de altura, assim mes compadres e comadres,  diâmetro que lhe apresenta um metro, se poderá dizer, um pouco muito avantajada.
Dita corpulência, compadre que diz a vossemecês, ela assim encorpada, nos inícios do quarto e meados do terceiro milénio antes de Cristo, assim a enquadrar-se no intervalo cronológico do denominado “universo megalítico eborense”.
E que fora da vadia pois que lhe dando o seguimento, Outeiro mes compadres e minhas comadres, fica situado a 15 km de Reguengos de Monsaraz e a 5 de Monsaraz.  
Ai e pois que da aldeia do Outeiro se vos dirá também, que diz-se, diz-se que há muito tempo, a dita era perto da actual aldeia, e tinha como nome aldeia dos Gomes, com o passar do tempo a população começou a mudar-se para o cabeço, e daí o nome de aldeia do outeiro…
Na região, pois que lá nela e pelos locais, este menir, Penedo Comprido é como é conhecido.
Fonte: http://eb23rm.net/gentes-lugares-patrimonios/outeiro/outeiro.htm ; http://www.infopedia.pt/$menir-do-outeiro